domingo, 27 de julho de 2008

AQUELE cara...

Dessa vez, foi a gota d’água ! Nessa você exagerou. Jogou na cara. E ainda me diz que não tem culpa. Eu, querendo me enforcar com o cordão da privada e você me vêm com histórias de Seleções. HAHA, me faça rir ! Leio tuas palavras , com ALQUELE medo. Será que você sabe ? O teclado me confunde, o mouse fica pesado, a música das caixas de som parecem estar diminuindo o volume. E AQUELA vontade de ir no banheiro. E agora ? Ah, você vai ter que esperar ! Gravei AQUELA música pra te fazer sentir culpado. Como se adiantasse. Você continua o mesmo. Com o mesmo sorriso falso , o teu franzir de testa suave e a tua voz grave e macia. Ai me dá AQUELA vontade de levar prum cantinho ! não... não posso ! tenho que me controlar ; e você ? faz o que mesmo ? ah, lembrei. Você continua me fazendo pisar em merda de cachorro na calçada, com teu olhar cativante e tuas mãos suadas de pouco se importar... mas ainda hei de levar pra algum lugar, baby... e ter AQUEELA noite. Me aguarde.

AQUEELE beijo...

Nenhum comentário: