terça-feira, 29 de dezembro de 2009

querido parasita

"mora aqui
no cômodo
mais amplo
da casa.
senta ai
não ligue
pra bagunça
da sala
bebe sim.
acaba com o vinho
que sangra
como que
se não esfria
a carne da alma
dorme ali
entre livros e
discos da
bruna"
Guilherme Kafé (Guilherme Ramos Gonçalves)

Nenhum comentário: