quinta-feira, 29 de abril de 2010

pedríssima

sensibilidade
em pessoa
puríssima

mas é pedra


que se quebra
com o vento

com a chuva rala

com os dedos do tempo.



"pareço pedra
desgastada pelo vento
pela chuva
pelo sol
mas basta um pouco de tempo
pra que teu sol carregue
a chuva que tanto me encharca" Ítalo Lencker

Nenhum comentário: