sexta-feira, 1 de outubro de 2010

lavadeira II

eu penso em
pensar no
pensamento
profundamente marítimo
há tempos que meu tempo não
cantava em meus póros...
arrepio-me; não há melhor.
êxtase da alma, maior que orgasmos
virtuais. Irreais desde o começo.
O REAL SEXO É O QUE SE FAZ COM A ALMA,
QUANDO SE TRANSBORDA ARTE.

as lavadeiras poesias.
o morto mar dos olhos
cegos de poemas e quadros e sonetos e canções antigas e longas e tristonhas e contidas e longíquas e grandiosas...
tenho pena... mas às vezes invejo.

Nenhum comentário: