quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

C8H10N4O2




Ele não me quis.
Eu fiquei desejando a noite toda.
Me lembrei dos beijos passados -
a força, o gosto, o cheiro, a cor.
Ainda posso sentir a vibração estranha de agosto, dezembros, janeiros.
Daria quase tudo por um
punhado de horas em sua cama densa,
para provar mais fundo seu cheiro, sua saliva doce.
És o ceifador da minha solidão...

O corpo que mais almejo.
E juro que faria tudo com amor.

Nenhum comentário: