quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

poesia antropofágica

eu passo os dias
                     só.

sentindo saudade
ANÔNIMA

pensando na solidão
ANTROPOFÁGICA

sentido fome de
AMOR

implorando
AFAGOS
ANÔNIMOS
ANTROPOFÁGICOS.

a poesia voltou, porque estou
AMANDO.

outra vez, os homens.

Nenhum comentário: