quinta-feira, 5 de julho de 2012

Ato

Faz profundos carinhos na pela de minh'alma e ela se excita, como um corpo faz.
Mas só toca quem sabe tocá-la, onde e como. 
E acredito num dom, como quem canta, como quem é poeta, num dom de alisar o clítoris da alma.
E o orgasmo é o ato, bem depois do começo, depois do toque profundo.

Nenhum comentário: